Website

Estudantes do ISCE Douro dinamizam debate "Violência no Namoro"

Evento digital aconteceu no âmbito do projeto de estágio desenvolvido na Câmara Municipal de Paredes por duas estudantes do nosso Instituto

No dia 28 de abril pelas 15h, no âmbito da Unidade Curricular de Projetos em Contextos Educativos as estudantes Inês Gomes e Patrícia Almeida, finalistas da Licenciatura em Educação Básica e como corolário do seu projeto de estágio desenvolvido na Câmara Municipal de Paredes organizaram um debate subordinado ao tema “Violência no Namoro”.

O contexto do Estágio foi o Pelouro da Educação e Juventude e teve a orientação da Dra. Marlene Mendes Silva (CMP) e a Supervisão Pedagógica da Doutora Maria Lopes de Azevedo (ISCE Douro) tendo a problemática versado sobre a violência no namoro.

A atividade em apreço foi desenhada, planificada e executada pelas estudantes e teve como oradora principal a Dra. Paula Caldas, Representante da CIG- Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, e o Senhor Vereador da Educação e Juventude da Câmara Municipal Paredes, Dr. Paulo Silva.

Foram convidados todos os estudantes do 3º ciclo e secundário das escolas públicas e privadas do concelho de Paredes, bem como a comunidade académica do ISCE Douro.

O público presente na atividade foi diversificado contando com estudantes de diversas instituições de ensino: 9 Alunos do Agrupamento de Escolas Daniel Faria de Baltar, 40 alunos Agrupamento de Escolas de Paredes de; 40 alunos do Agrupamento de Escolas de Vilela, 42 alunos do Colégio Casa Mãe, 7 alunos da turma do 3º ano da licenciatura de Educação Básica e 8 alunos da Turma do CTeSP de Acompanhamento de Crianças e jovens do ISCE Douro, em Penafiel.

Tratou-se de uma atividade muito dinâmica e participativa, na qual os estudantes aderiram às diferentes dinâmicas propostas para os quais foram convocados e igualmente foi muito rica nas reflexões que se partilharam e produziram, demonstrando que a violência no namoro é um assunto muito preocupante na sociedade e que todos temos o dever cívico de o denunciar.

© 2021 ISCE Douro - Todos os direitos reservados. | Contactos